Blog

Aplicação com espuma: livra o paciente da cirurgia, evitando todos os inconvenientes do pós operatório

 

A técnica de aplicação com espuma, ou ‘escleroterapia com espuma’, têm ganhado cada vez mais destaque para o tratamento efetivo das varizes e microvarizes. Mas para que o resultado seja o melhor possível, uma avaliação adequada é essencial. Você sabe como funciona?

Primeiramente, a técnica minimamente invasiva consiste na injeção de uma substância chamada polidocanol dentro da veia do paciente. O procedimento  é feito com o auxílio do aparelho de ultrassom. O medicamento em forma de espuma, faz com que a veia seja fechada e o sangue redirecionado, melhorando a circulação sanguínea. 

Com isso, é possível preencher as varizes e vasinhos através da aplicação da microespuma e obter excelentes resultados. Dentre os benefícios da aplicação com espuma está a dispensa de internação hospitalar e o retorno rápido a rotina, já no mesmo dia, ao término do procedimento, pois este tipo de tratamento também dispensa o repouso necessário no pós operatório da cirurgia.

Por mais que seja um procedimento simples e sem muitas complicações, o tratamento deve ser feito por um profissional qualificado. A quantidade de sessões é determinada pelo médico após a avaliação individual e personalizada. 

Como funciona a  aplicação com espuma

A aplicação com espuma é uma técnica muito eficiente para o tratamento das varizes, eliminando as veias doentes, e desta forma melhorando  a aparência das pernas. Após o tratamento é recomendado que o paciente utilize meias de compressão elástica, principalmente nas primeiras 24 horas pós procedimento, para diminuir a chance do sangue neutralizar o efeito dos remédios, potencializando os resultados.

A meia de compressão no pós tratamento imediato contribui para diminuir os inchaços (edemas) e  evitar trombose,  pois melhora o retorno do sangue para o coração.

Após a aplicação da espuma, sempre orientada pelo ultrassom, o paciente caminha em torno de meia hora e após isso, já esta liberado da clínica para as suas atividades normais.

Para não ter complicações após o procedimento, é essencial ter alguns cuidados:

– Fazer pequenas caminhadas, evitar longos períodos em pé ou sentado no dia do procedimento.

– Evitar o repouso, pois no tratamento com espuma, quanto mais atividade física menores são os riscos de complicação.

– No caso de varizes maiores, permaneça com a meia após a aplicação da espuma.

– Suspender a prática de atividades físicas por pelo menos um dia. Ao voltar, o recomendado é evitar atividades de esforço intenso ou de contato físico.

Que tal eliminar as varizes? Gostaria de saber se esse é o procedimento indicado para você? Clique aqui e agende uma consulta com o Dr. Carlos Rover. 

O médico cirurgião vascular possui carreira consolidada, tem 25 anos de experiência como cirurgião vascular e endovascular, com mais de 20.000 pacientes atendidos. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

Inscreva-se na newsletter e receba todas as novidades
Newsletter
Fale Conosco Agora!