Blog

Aplicação com espuma: livra o paciente da cirurgia, evitando todos os inconvenientes do pós operatório

 

A técnica de aplicação com espuma, ou ‘escleroterapia com espuma’, têm ganhado cada vez mais destaque para o tratamento efetivo das varizes e microvarizes. Mas para que o resultado seja o melhor possível, uma avaliação adequada é essencial. Você sabe como funciona?

Primeiramente, a técnica minimamente invasiva consiste na injeção de uma substância chamada polidocanol dentro da veia do paciente. O procedimento  é feito com o auxílio do aparelho de ultrassom. O medicamento em forma de espuma, faz com que a veia seja fechada e o sangue redirecionado, melhorando a circulação sanguínea. 

Com isso, é possível preencher as varizes e vasinhos através da aplicação da microespuma e obter excelentes resultados. Dentre os benefícios da aplicação com espuma está a dispensa de internação hospitalar e o retorno rápido a rotina, já no mesmo dia, ao término do procedimento, pois este tipo de tratamento também dispensa o repouso necessário no pós operatório da cirurgia.

Por mais que seja um procedimento simples e sem muitas complicações, o tratamento deve ser feito por um profissional qualificado. A quantidade de sessões é determinada pelo médico após a avaliação individual e personalizada. 

Como funciona a  aplicação com espuma

A aplicação com espuma é uma técnica muito eficiente para o tratamento das varizes, eliminando as veias doentes, e desta forma melhorando  a aparência das pernas. Após o tratamento é recomendado que o paciente utilize meias de compressão elástica, principalmente nas primeiras 24 horas pós procedimento, para diminuir a chance do sangue neutralizar o efeito dos remédios, potencializando os resultados.

A meia de compressão no pós tratamento imediato contribui para diminuir os inchaços (edemas) e  evitar trombose,  pois melhora o retorno do sangue para o coração.

Após a aplicação da espuma, sempre orientada pelo ultrassom, o paciente caminha em torno de meia hora e após isso, já esta liberado da clínica para as suas atividades normais.

Para não ter complicações após o procedimento, é essencial ter alguns cuidados:

– Fazer pequenas caminhadas, evitar longos períodos em pé ou sentado no dia do procedimento.

– Evitar o repouso, pois no tratamento com espuma, quanto mais atividade física menores são os riscos de complicação.

– No caso de varizes maiores, permaneça com a meia após a aplicação da espuma.

– Suspender a prática de atividades físicas por pelo menos um dia. Ao voltar, o recomendado é evitar atividades de esforço intenso ou de contato físico.

Que tal eliminar as varizes? Gostaria de saber se esse é o procedimento indicado para você? Clique aqui e agende uma consulta com o Dr. Carlos Rover. 

O médico cirurgião vascular possui carreira consolidada, tem 25 anos de experiência como cirurgião vascular e endovascular, com mais de 20.000 pacientes atendidos. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Artigos Relacionados

Inscreva-se na newsletter e receba todas as novidades
Newsletter
Fale Conosco Agora!

GARANTA SUA VAGA!

SEJA BEM-VINDO(A)!

Se você, colega médico, for novo por aqui, venho me apresentar pra você!

Além de cirurgião vascular, atuo também como professor de Cursos Master em Fleboestética.

Se ainda não conhece nossos Cursos Master ou conhece e quer fazer parte desse time, clique agora mesmo em “Quero fazer o curso”.

Venha fazer parte desse Universo e decolar na sua carreira!

Garanta sua vaga, pois são limitadas.

Newsletter Modal